ENDEREÇO:
Rua Cel. Otávio Diniz, 308, Santa Efigênia - Belo Horizonte, MG Brasil - CEP 30270-360

TEL: (31) 2527-6145
CEL: (31) 99309-3742
contato@icthyscomunicacao.com

Métricas de vaidade: cuidado com elas!

||Métricas de vaidade: cuidado com elas!

Métricas de vaidade: cuidado com elas!

Conquistar milhões de seguidores nas redes é um dos principais objetivos das empresas que buscam estratégias de marketing digital, certo? Em partes! Mais do que pessoas conectadas às suas redes, você precisa conquistar um público e engajá-los a participar das suas publicações.

Se você ainda não sabe muito bem do que se tratam as famosas métricas, vamos começar falando sobre elas:

Métricas são sistemas de mensuração que quantificam uma tendência, comportamento ou variável de negócio, permitindo medir e avaliar o desempenho de qualquer ação de marketing.

Métricas de vaidade

Sabe aquela máxima de que “a perfeição não consiste em quantidade e, sim, em qualidade”, pois é, as métricas de vaidade são aquelas que não te ajudam a tomar decisões dentro dos objetivos de marketing. São aqueles dados que, na maioria dos casos, se baseiam apenas na quantidade, sem levar em consideração algum tipo de mensuração.

4 métricas de vaidade mais comuns

1- Taxa de cliques no site
Tão importante quanto acompanhar a taxa de cliques no seu site, blog, anúncio, ou o que quer que seja o caminho traçado, é ter um objetivo bem definido por trás da métrica. Caso contrário você até poderá alcançar uma tava alta de cliques, mas, por exemplo, terá uma baixíssima taxa de conversão ou tempo de permanência na página. Neste caso, é preciso reavaliar para qual página você está levando seu possível cliente, e se ela está alinhada com a expectativa da chamada.

2- Compartilhamento
Ter o seu conteúdo compartilhado várias vezes pode parecer que sua estratégia vem dando resultado, certo? Nem sempre. O compartilhamento do seu conteúdo pode até aumentar o tráfego do seu destino, mas você precisa fazer mais para concretizar uma venda. Uma das etapas é reter atenção do seu leitor por meio de conteúdos relevantes para então, movê-lo em seu funil de vendas.

3- Taxa de rejeição
Algumas etapas precisam ser cumpridas dentro do seu site para que o Google não considere rejeição. Essa taxa de rejeição é medida por quesitos como, tempo de permanência na página, se o usuário não interage com nenhum dos links listados e, ainda se não faz nenhum contato pelo “fale conosco”

4- Seguidores
Com as empresas de compra de likes ficou fácil inflar o número de seguidores. Crescer sem qualidade é uma métrica de vaidade. Se a sua base cresceu sem atingir o público previsto, esses seguidores não levaram sua página a lugar nenhum. Por isso, certifique-se de que sua base está crescendo com um direcionamento correto.

Métricas que fazem a diferença

Agora que você já entendeu o que são métricas e quais os riscos de cair nas métricas de vaidade, vamos ao que interessa. Para um bom cálculo de ROI (Retorno Sobre Investimento), existem certas métricas que você deve acompanhar, de acordo com o objetivo definido de suas campanhas. São elas:

– Taxa de Conversão de Campanhas; quanto da sua campanha realmente está retornando como oportunidade de vendas ou, qualquer que seja o objetivo traçado previamente.
– Conversões ao longo do funil de vendas; este é o momento de identificar em qual estágio ele está, e ofertar mais conteúdo que o mova adiante no funil.
– LTV (Lifetime Value); uma métrica muito importante que mede quanto o cliente é importante para você.
– CAC (Custo de Aquisição por Cliente; basicamente é quanto custa um cliente para você.
– Número de Visitantes; são novos visitantes que foram acrescidos a audiência do seu blog, e não visitas retornantes.

Curtiu o conteúdo sobre métricas de vaidade? Acompanhe o blog da Icthys para ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo do marketing digital.

2018-05-22T12:12:54+00:00 Corporativo|